Laboratório de Psicologia Escolar e Educacional – LAPEE
  • Vaga para bolsista PIBIC (2019-2 – 2020-1)

    Publicado em 12/07/2019 às 12:40

    A professora Neiva de Assis está selecionando 1 bolsista para o projeto vinculado ao LAPEE: “Educação, cidades e subjetividades – (re)conhecendo Florianópolis”.

    A pesquisa tem como objetivo principal investigar oportunidades educadoras na cidade aos jovens que se configuram como alternativas à escolarização formal. Interessa as possibilidades de educação com jovens para além da educação formal, privilegiando a cidade como lugar de produção subjetiva e de processos educativos inclusivos. Caracteriza-se pela continuidade e aprofundamento de pesquisa realizada em 2018, denominada “Educação, cidades e subjetividades”. Tem como pressuposto epistemológico as contribuições da psicologia histórico-cultural de Vigotski e as contribuições do Círculo de Bakhtin. E como característica metodológica a pesquisa qualitativa com procedimentos de acompanhamento e participação dos pesquisadores em algumas práticas de educação não formal que emergem na cidade de Florianópolis, bem como os encontros dos jovens participantes da pesquisa com essas práticas e a realização de entrevistas com participantes. Com os resultados desse projeto de pesquisa, pretende-se contribuir para a produção do conhecimento sob o ângulo da psicologia que contemple a cidade como propulsora de processos educadores éticos, estéticos e políticos.

    Critérios para seleção:

     Interesse e aproximação com o tema do projeto;
     Atender os critérios do edital http://pibic.propesq.ufsc.br/files/2019/06/Edital-PIBIC-2019-
    2020_Retificado.pdf
     Estar regularmente matriculado no curso de graduação em psicologia e ter cursado a disciplina de
    Psicologia Histórico-Cultural.
     Disponibilidade de 20 horas semanais para dedicação ao projeto;
     Não estar no primeiro semestre ou no último do curso;
     Currículo na plataforma lattes atualizado em 2019;
    OBS: Terão preferência os estudantes atendidos/cadastrados em programas de permanência estudantil.

    Documentos necessários para a seleção:
     Atestado de matrícula e histórico escolar atualizado;
     Curriculum na plataforma Lattes atualizado em 2019;
     Declaração de disponibilidade semanal de 20 horas para dedicação à pesquisa e indicação de dias
    da semana e turnos disponíveis para o período de 1º. de agosto a 31 de julho de 2019. Necessário ter
    livre as quintas-feiras à tarde para reuniões do grupo de pesquisa.
     Carta em que apresente seus interesses e o que o/a qualifica para a bolsa PIBIC.

     

    A seleção será realizada em 2 etapas:
    1) Primeira etapa – eliminatória – a seleção será feita a partir de análise documental. Período de
    inscrição: de 12 de julho a 22 de julho de 2019. Os documentos deverão ser enviados em PDF para o
    email neiva.assis@ufsc.br com assunto: PIBIC e nome do estudante. Dia 23 de julho será o resultado
    da primeira etapa.
    2) Segunda etapa – classificatória – para alunos/as aprovados/as na primeira etapa. Os/as
    candidatos/as serão entrevistados, no dia 24 de julho, de 10h às 12h. Local: LAPEE – 5ºAndar bloco E.
    Divulgação dos/as candidatos/as selecionados/as e envio dos documentos na plataforma online PIBIC
    no dia 24 de julho. Observação: orienta-se que os candidatos/as organizem previamente os documentos
    exigidos no edital PIBIC para implantação da bolsa e que possam no dia 24 de julho encaminhar a
    documentação.

    Contato: neiva.assis@ufsc.br


  • Apresentação Trabalho: “Abordagem Histórico-Cultural e Inclusão Escolar: aproximações teóricas”

    Publicado em 27/06/2019 às 13:20

    Apresentação do trabalho “Abordagem Histórico-cultural e Inclusão Escolar: aproximações teóricas”, pelas professoras Maria Fernanda Diogo e Marivete Gesser, no CINTEDES – Colóquio Internacional de Educação Especial e Inclusiva, evento realizado na UFSC entre os dias 25 e 27 de junho, que propiciou um espaço de discussão das políticas nacionais de Educação Inclusiva a partir do diálogo com os contextos internacionais e locais.

     


  • Mesa redonda “Política dos corpos, saúde mental e cidadania”

    Publicado em 17/06/2019 às 14:06

    No dia 13 de junho de 2019, ocorreu na UFRGS o II Colóquio Psicologia, Política e Sexualidades e VII Seminário Diversidade Sexual, Relações de Gênero, Raça e Políticas Públicas. A coordenadora do NED e integrante do LAPEE, professora Marivete Gesser, participou da Mesa Redonda “Política dos corpos, saúde mental e cidadania”, com fala intitulada “A psicologia e as políticas sobre os corpos de pessoas com deficiência: das narrativas de opressão ao compromisso com os direitos humanos”.

     


  • Universidade na Rua!!!

    Publicado em 10/06/2019 às 14:24

    Atividade integrada do dia 05/06/2019, das disciplinas de Fundamentação da Ênfase I e II em Psicologia Escolar e Educacional e do LAPEE.

    Parceria com professoras(es) e estudantes!!

    Fotos: Ademir Gabriel Werner Moreira.

     

     

     

     

     


  • XI Colóquio de Psicologia Escolar

    Publicado em 20/05/2019 às 13:43

     

    Inscrições


  • NOTA PÚBLICA DO COLETIVO DE DOCENTES DO CURSO DE PSICOLOGIA DA UFSC

    Publicado em 14/05/2019 às 14:58

    Florianópolis, 13 de maio de 2019.

    NOTA PÚBLICA DO COLETIVO DE DOCENTES DO CURSO DE PSICOLOGIA DA UFSC

    A presente nota pública trata do evento nacional agendado para o dia 15 de maio de 2019.

    O quadro que se apresenta para nós docentes, técnicos/as, estudantes da graduação e da Pós-Graduação da UFSC é extremamente preocupante. Em declaração pública o Reitor Ubaldo Cesar Balthazar e o Secretário de Planejamento e Orçamento da UFSC expuseram que os contingenciamentos previstos pelo governo federal afetarão diversos setores da Universidade, tais como os contratos com os serviços terceirizados de limpeza e segurança, o restaurante universitário, as políticas de permanência estudantil, entre outros custeios que são necessários para que todos/as possamos ter condições adequadas de trabalho e estudo.

    Segundo o Ministro da Educação, estes contingenciamentos visam acabar com a “balbúrdia nas Universidades Federais”. Ao mesmo tempo, circulam massivamente entre a comunidade em geral, por meio de fakenews, informações totalmente deturpadas do que a Universidade Pública produz no campo da Educação, da Ciência e da Tecnologia.

    Diante desta situação, no último dia 09 de maio, foi realizada uma reunião do Conselho Universitário (Cun), aberto à comunidade, e publicada uma Moção sobre a redução orçamentária na educação, onde “manifesta-se absolutamente contrário a quaisquer medidas que representem redução de recursos orçamentários e financeiros, cerceamento ao pleno exercício da Autonomia Universitária definida pela Constituição, o desrespeito às leis e ao Estado Democrático de Direito e a não preservação das políticas de financiamento da educação pública, em todos os níveis e reitera, ainda, sua indignação com falsas verdades e afirmações levianas sobre as atividades das Universidades Públicas Brasileiras”[1]. Diversas entidades como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (ANPEPP), também tem manifestado total repúdio às práticas de difamação e aos contingenciamentos orçamentários nas Universidades Públicas.

    O Curso de Psicologia da UFSC é o único público e gratuito em Santa Catarina. Possui 40 anos de existência e foi avaliado com nota máxima pelo Ministério da Educação. É constituído por 50 docentes pesquisadores/as doutores/as, 09 técnicos-administrativos e, aproximadamente, 700 estudantes da graduação e pós-graduação. Temos oferecido serviços e produzido conhecimentos de excelência, por meio de ações em contextos comunitários, organizações, escolas, instituições de saúde e em diferentes instâncias da sociedade. Somente no ano de 2017 e 2018 realizamos aproximadamente 200 ações/projetos que impactaram diretamente a comunidade; desenvolvemos 80 pesquisas com a colaboração de 40 profissionais e docentes externos à UFSC e em torno de 100 estudantes de graduação e pós-graduação; tivemos 560 estagiários/as atuando nas mais diversas instituições públicas e privadas e; o Serviço de Atenção Psicológica (SAPSI) realizou um total de 3.798 atendimentos psicológicos gratuitos para 1.758 pessoas.

    Docentes, técnicos e estudantes têm desenvolvido suas atividades, junto a Universidade e comunidade em geral, com afinco e com compromisso científico e social. Portanto, este é o momento de estarmos mais próximos da população, dialogando sobre o que há na UFSC e como ela diz respeito a todos/as nós, para que possamos reafirmar a credibilidade junto à sociedade e enfrentarmos as notícias falsas sobre nós, as quais têm justificado a redução de investimentos na educação pública!

    Assim, o Coletivo de Docentes do Curso de Psicologia da UFSC, ratifica a Moção emitida pelo Cun e, considerando:

    (i) O direito à reunião, garantido na Constituição Federal em seu Art. 5º, Inciso XVI;

    (ii) O evento nacional agendado para o dia 15 de maio de 2019, cujo Calendário de Atividades na UFSC já foi divulgado[2];

    (iii) A Assembleia Estudantil da Psicologia, realizada no dia 10 de maio, cujo encaminhamento foi a mobilização nos dias 13 e 14 de maio para construção de ações para o evento nacional do dia 15;

    Sugere a reunião de esforços na divulgação dos serviços oferecidos pelo Curso de Psicologia, bem como de sua produção acadêmico-científica. A intenção é nos aproximarmos mais ainda da população em geral para, em uma atividade acadêmica promovida coletivamente por nós, expor os trabalhos que desenvolvemos junto com nossos/as estudantes nos laboratórios e núcleos de pesquisa (distribuição de resumos de publicações científicas, exposição de banners, cartazes, folders, etc.), nas ênfases (cartazes e folhetos sobre atividades de extensão e serviços prestados à comunidade, bem como os locais de estágio que atuamos, etc.), intervenções artísticas, apresentação pública de trabalho dos/as estudantes, entre outras possibilidades.

    Convida docentes, estudantes e técnicos-administrativos do Curso de Psicologia para, no dia 15 de maio de 2019, organizarem e participarem das atividades acadêmicas que serão desenvolvidas junto à comunidade de Florianópolis e do Calendário de Atividades na UFSC.

    [1]Disponível em: https://noticias.ufsc.br/2019/05/conselho-universitario-publica-mocao-sobre-cortes-orcamentarios-na-educacao/

    [2] Disponível em: https://noticias.ufsc.br/2019/05/entidades-representativas-se-mobilizam-em-defesa-da-ufsc-no-dia-15/


  • Ato terapêutico: novas saídas para conflitos cotidianos

    Publicado em 10/05/2019 às 13:11

    Evento:

    Sociodrama grupal com estudantes do ensino superior (encontros únicos) – Formação de novos grupos a cada segunda-feira.

    Onde: SAPSI – Serviço de Atenção Psicológica – UFSC – 2º andar do Bloco B do CFH.

    Quando: 13, 20 e 27 de Maio

    Horário: 17:30h às 19h

    Inscrições presenciais na recepção do SAPSI (vagas limitadas para cada ato).


  • Prorrogação das inscrições de trabalho – XIV CONPE 2019

    Publicado em 03/05/2019 às 12:49

    https://14conpe.abrapee.psc.br/p%C3%A1gina-inicial

    O prazo para inscrição de trabalhos no Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional (UFMS) aumentou: até o dia 25/05!!

     

    Outra modificação: os coautores não precisam realizar inscrição nem pagamento nas modalidades Relato de Experiência e pôster.

    Início das inscrições de trabalho: 18/02/2019

    Termino das inscrições de trabalho: 25/05/2019

    Resultado dos trabalhos aprovados: 03/06/2019

    Envio de textos completos dos trabalhos aprovados: 17/06/2019

    Divulgação da Programação Completa (online): 22/07/2019

     

    Algumas regras:

    – A aceitação da proposta estará condicionada à avaliação pelo corpo de consultores ad hoc que compõem a Comissão Científica do XIV CONPE;

    – Serão aceitos trabalhos na forma de Minicursos, Mesas-Redondas, Simpósios, Painéis (Pôsteres) e Partilhando Experiências;

    – As Conferências, Fórum de Debate e Exposições serão realizadas a convite da Comissão Científica e Organizadora do XIV CONPE;

    – Assegura-se a cada proponente a submissão de até quatro trabalhos, sendo o limite de dois na condição de principal proponente;

    Estudantes de graduação e Pós-graduação somente poderão inscrever trabalhos como autor principal, desde que seu supervisor ou orientador seja apontado como coautor;

    – Para inscrever trabalhos, o participante deverá efetuar o pagamento de sua inscrição (tirando a modificação acima);

    – Número de coautores: Partilhando Experiências: máximo 3 coautores (+ 1 autor proponente); Painéis (Pôsteres): máximo 8 coautores (+ 1 autor proponente); Minicurso: máximo 3 coautores (+ 1 autor proponente).

    Atenção: Tenha em mãos o nome e o CPF dos coautores. Não será possível adicionar autores após a finalização do processo de submissão.

     


  • I Colóquio Psicologia, Educação e Trabalho

    Publicado em 26/04/2019 às 12:22

    Aconteceu nos dias 25 e 26 de abril de 2019, o I Colóquio Psicologia, Educação e Trabalho, na Universidade Federal de Grande Dourados (UFGD), em Dourados, Mato Grosso do Sul. Teve por objetivo a reunião de pesquisadores, acadêmicos e profissionais com interesse acadêmico e profissional acerca dos processos de desenvolvimento humano no âmbito da educação e do trabalho, apoiados nos princípios da educação inclusiva, da pluralidade de trajetórias acadêmicas e profissionais e da promoção do bem-estar no trabalho. Foram disponibilizados minicursos, palestras e apresentações de trabalho. Segue a programação:


  • Aula aberta: Contribuições da Teoria Histórico-Cultural para a Psicologia Brasileira

    Publicado em 27/03/2019 às 09:40

    No dia 18 de março de 2019 aconteceu no auditório do CFH/UFSC a aula aberta “Contribuições da teoria histórico-cultural para a psicologia brasileira” com a professora Andrea Zanella. A atividade foi organizada em parceria com o LAPEE e o NUPRA, sob a organização das professoras Neiva de Assis e Marcela de Andrade Gomes. Estiveram presentes 100 participantes, entre eles estudantes do curso de Psicologia e de Educação da UFSC, além de outras faculdades de Santa Catarina. Agradecemos a colaboração e a participação de todos e enfatizamos a importância do desenvolvimento de atividades e ações de divulgação e de aprofundamento da teoria histórico-cultural para a psicologia e outras áreas na atualidade.